sábado, 9 de abril de 2016

poética 69


Poética 69
jéssica

assim como se fosse
uma palavra léxica
em minha língua acesa
dentro da noite - lua
fosse qualquer esquina
fosse  travessa ou rua
em que estando esteja
me trouxesse à boca

tua saliva de cerveja
e me matasse a sede
e me trouxesse a fome
para comer teu nome
depois dormir na rede
tranquilamente nua
com toda delicadeza

Artur Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário