domingo, 22 de maio de 2016

minas



minas

de manhuassu a sacramento
pedra dourada na esfinge do deserto
o beijo ainda guardado
a carne que ainda não vejo
nas minas de montes claros
meus dedos tocando pedras
minha língua por tantas falas
palavras de um só desejo
aline por quantas horas
no rio dos seus mistérios
no mar desse seu silêncio

Artur Gomes Gumes


Nenhum comentário:

Postar um comentário