quinta-feira, 12 de maio de 2016

terra de santa cruz




terra de santa cruz

esta terra não está pra poesia
mas mantenho a ironia
dos grandes mestres de outrora
desculpe-me minha senhora
se o mercado te controla
o azar é todo teu
pois trocou quem te amava
por quem sempre te explora
nunca te amou
mas sempre te comeu


Artur Gomes Gumes

Nenhum comentário:

Postar um comentário