terça-feira, 19 de julho de 2016

fome facas e frutas


como a carne da fruta
com a fome absoluta
do faminto que ainda sou



poeta não tem segredo
muito menos guarda o medo
lacrado no isopor



as minhas unhas de faca
cortam teus pelos na casca
 sangrado seja   o nosso amor




projeto foto poesia
FULINAÍMA Multiprojetos
Artur Gomes - poesia fotografia
portalfulinaima@gmail.com

(22)99815-1266 - WhatSaap

Nenhum comentário:

Postar um comentário