sexta-feira, 18 de novembro de 2016

fulinaimicamente




a boca do desejo
morde a carne dos meus dentes
e desassossega a minha língua
fulinaimicamente

Artur Gomes





jura secreta 89

a face oculta da maçã
duas partes que se abrem
pêssego
campos de girassóis
teus pelos alvoroçados
sob o sol de Amsterdã
enquanto isso em teus mamilos penso
o que ainda não comi desta maçã.

Artur Gomes
foto.poesia





Odara quem sabe
fosse uma menina rara
a felicidade numa tarde clara
pra colher da boca a palavra exata
que não seja reta
mas que seja de ouro ou prata

Federico Baudelaire

Nenhum comentário:

Postar um comentário